Ex-arcebispo de Teresina morre aos 95 anos por complicações da Covid-19

Foto: Reprodução

O ex-arcebispo de Teresina Dom José Freire Falcão, arcebispo emérito de Brasília, morreu na noite deste domingo(26) aos 95 anos após complicações ocasionadas pela Covid-19. A morte foi confirmada pela Arquidiocese de Brasília, que se manifestou através de uma nota de pesar em que ressalta a trajetória de vida do religioso. 

“Sua ausência é sentida profundamente por toda a Arquidiocese de Brasília, amigos e fiéis pela marca indelével que S. Emcia. Deixou nas numerosas obras pastorais que ensejou durante os vinte anos que governou esta Igreja Particular”, diz um trecho da nota. 

Dom José Freire Falcão foi internado no dia 17 de setembro, como medida preventiva, após ter testado positivo para o Covid-19. Na madrugada do dia 24 de setembro, ele teve uma piora em seu quadro respiratório e renal, sendo necessária uma intubação respiratória para garantir uma melhor condição. 

As informações sobre velório e sepultamento ainda não foram divulgadas.

Trajetória

José Freire Falcão nasceu no dia 23 de outubro de 1925 na cidade de Ereré, no Ceará. Incentivado pela família, desde cedo sonhou em ser sacerdote.

Entrou no Seminário da Prainha, em Fortaleza, aos 14 anos. Foi ordenado padre em 19 de junho de 1949 e em 1967, mais precisamente no dia 17 de junho, foi feito bispo, tornando-se pastor da mesma diocese em que já havia exercido o sacerdócio por vinte anos: Limoeiro do Norte, no Ceará.

Em 1971 tornou-se arcebispo de Teresina, no Piauí, onde permaneceu até 1984, quando foi transferido para Brasília.

Foi feito cardeal, em 28 de junho de 1988, tendo participado, em 2005, dos funerais de João Paulo II e do conclave que elegeu o Papa Bento XVI.

Fonte: Natanael Souza/ Cidade Verde/ Com informações da Arquidiocese de Brasília

Siga-nos no Instagram @pinewsoficial
Inscreva-se em Nosso Canal

Deixe um Comentário

Loading Facebook Comments ...