Três cidades do Piauí são as mais quentes do País e chegam a temperatura de até 40°C

Foto: Reprodução

Dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), nas últimas 24 horas, apontam que três cidades do Piauí registraram altas temperaturas. O município de Bom Jesus do Piauí, distante 632 quilômetros de Teresina, teve a maior alta do estado com 40.2 °C (Graus Celsius), já Piripiri chegou a 39.4 °C (Graus Celsius) e Alvorada do Gurguéia com 39 °C (Graus Celsius).

Nas últimas semanas, o cidadeverde.com vêm noticiando incêndios registrados em alguns municípios piauienses como Pedro II e o mais recente em São Raimundo Nonato, distante 517 quilômetros de Teresina.  Só nos primeiros dias de setembro, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) registrou quase 700 focos de incêndios em 85 cidades do estado. É o quinto maior índice do país.

Com a chegada do B-R-O-Bró e o início das queimadas agrícolas, o climatologista Werton Costa faz um alerta sobre os cuidados que devem ser tomados nessas práticas.

“Em outubro vamos iniciar o período de queimadas agrícolas e isso que preocupa muito a gente. Nós observamos que há um esforço dos municípios, muitos estão tentando criar brigadas e o ideal é que essas pessoas que queiram fazer uma queimada controlada busquem especialistas, conheçam o processo, para diminuir os riscos dessa prática”, explica o climatologista.  

Ainda de acordo com os números do INMET, a capital Teresina atingiu a máxima de 38.1 °C com umidade relativa do ar chegando a 24%.

O climatologista Werton Costa ressalta que o aumento do calor e a queda da umidade é uma condição que se repete todo ano durante esses meses, porém vêm sendo registrado temperaturas máximas acima da média.

“Essa condição é cíclica e vai acontecer todo ano, terminou o período chuvoso, vêm o processo de estiagem e vem a curva do aumento do calor e a queda da umidade. O que está acontecendo fora da curva é uma anomalia das temperaturas, com a máxima sendo registrada acima da média e isso causa preocupação porque tivemos um período chuvoso irregular”, destaca Werton Costa.

Ainda segundo o climatologista, é necessário que a população não deixe de se proteger contra as altas temperaturas. 

“As pessoas vivem em uma cidade muito quente, que tem uma constância de calor brutal e a gente tem uma quantidade muita grande de pessoas que dão entrada com síndromes gripais, insolação e as pessoas acabam negligenciando. Temos visto uma quantidade assombrosa de casos de câncer de pele e não dá para brincar com isso, principalmente algumas profissões como motoboy”, ressalta.

Werton Costa acrescenta ainda que até o momento há uma tendência desse B-R-O-Bró ser o mais quente já registrado, porém somente após a comparação com as médias de meses anteriores é que poderá ser confirmado.

“Por enquanto estamos percebendo que as pessoas vêm reclamando e os termômetros marcam temperaturas bem consistentes, já dar para perceber que está sendo acima da média, temos essa tendência, mas precisamos fechar as quinzenas para avaliar com a médias anteriores”, finaliza o climatologista.


Fonte: Rebeca Lima/ Cidade Verde

Siga-nos no Instagram @pinewsoficial
Inscreva-se em Nosso Canal

Deixe um Comentário

Loading Facebook Comments ...