Operação da PF investiga suspeitos de fraudar auxilio emergencial no Piauí

Foto: Reprodução

A Polícia Federal no Piauí (PF-PI) deflagrou na manhã desta segunda-feira (10) a operação “Ludibrio”, para apurar crimes de estelionato e fraude na concessão e saque de benefícios emergenciais do governo federal de moradores do município de Buriti dos Lopes, distante 296 km de Teresina.

Os policiais federais cumpriram quatro mandados de busca e apreensão que foram expedidos pela Justiça Federal em Parnaíba.

Os mandados estão sendo cumpridos em algumas residências localizadas no município de Buriti dos Lopes, onde os policiais apreenderam documentos e materiais de informática. Participaram da operação 16 policiais federais.

Operação Ludibrio da Polícia Federal (PF) em Buriti dos Lopes — Foto: Divulgação/PF-PI
Operação Ludibrio da Polícia Federal (PF) em Buriti dos Lopes — Foto: Divulgação/PF-PI

Os investigados são suspeitos de fraudar os benefícios emergenciais que foram concedidos pelo governo federal, para as pessoas que foram afetadas financeiramente devido à pandemia do novo coronavírus.

A investigação aponta que os investigados atuam mediante retenção de documentos dos beneficiários, até a efetiva apropriação de boa parte do valor do benefício sacado, sob a justificativa de cobrir despesas administrativas.

“Além da cobrança extorsiva por suposto serviço prestado, consta que pessoas do núcleo familiar próximo a agente político do município de Buriti dos Lopes teriam recebido o auxílio emergencial, mesmo não atendendo aos critérios de concessão. Pesquisa no Cadastro do Governo Federal confirma tais suspeitas”, informou a Polícia Federal.

A Polícia Federal informou que com a apreensão dos documentos, agora a investigação vai identificar outros beneficiários do ilícito.

Fonte: G1 PI

Siga-nos no Instagram @pinewsoficial
Inscreva-se em Nosso Canal

Deixe um Comentário

Loading Facebook Comments ...